Agenda Portugal Digital

Eventos

Carregar +

A segurança da informação - Auditório da eSPap | Alfragide

A segurança da informação, quer esteja armazenada, em trânsito ou em utilização por utilizadores autorizados, deve ser assegurada a todo o custo. No caso particular da Administração Pública (AP) esta preocupação reveste-se de sensibilidade especial pois a informação em causa refere-se a cidadãos e organizações, incluindo as que são responsáveis pela segurança do próprio Estado. A forma pouco afirmativa e, frequentemente, limitada, como a AP governa e gere os seus sistemas de informação, aconselha a uma reflexão sobre a implementação do protocolo Internet IPV6, particularmente no que se refere à transição de IPV4 para IPV6.
Já há muito tempo que a migração total de IPV4 para IPV6 era considerada urgente e necessária, não só pelo esgotamento previsível de endereços IP, como também pela forte necessidade de “aumentar a segurança” nas transmissões eletrónicas via Internet e pela maior facilidade em assegurar-se interoperabilidade entre sistemas.
Embora de forma não explícita, tem persistido nalguns meios a perspetiva de que a implementação do Plano Global Estratégico para as TIC na AP facilitaria a transição para o IPV6 na AP. Terá sido mesmo assim?
Passados mais de dois anos após a publicação do Regulamento Nacional de Interoperabilidade Digital (RNID) aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 91/2012 - DR nº216 de 8 de novembro - já todos os sistemas utilizados pela AP estarão a usar o IPV6?
Estas são algumas questões que a APDSI se propõe debater e esclarecer no próximo dia 11 de maio.
A participação na conferência é gratuita mas está sujeita a inscrição prévia em https://fs3.formsite.com/APDSI/ipv6-na-ap/index.html
As inscrições ficarão condicionadas à disponibilidade de lugares do auditório.

Para mais informações clique aqui.